domingo, outubro 18, 2009

I Encontro Brasileiro de Educação e Marxismo


I Encontro Brasileiro de Educação e Marxismo: Carta de Bauru - Professores, pesquisadores e estudantes de Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins, reuniram-se em Bauru para o I EBEM com o objetivo de desenvolver iniciativas aglutinadoras dos marxistas no campo da pesquisa educacional, no plano epistemológico e no conjunto das lutas sociais. O Encontro contou com 322 participantes, os quais apresentaram 109 trabalhos, 95 comunicações orais e 14 painéis. Das comunicações orais, os temas contemplados foram: Educação e Trabalho (20), Marxismo, Ciência e Educação (19), Formação de Professores (18), Políticas Públicas em Educação (14), Psicologia Sócio-Histórica (13), Educação Brasileira em Diferentes Níveis/Cenários (07) e Movimentos Sociais e Educação Popular (04). Foram, também, realizadas, 4 mesas redondas, envolvendo 11 participantes. As mesas que trataram de “Marxismo, Ciência e Educação: a prática transformadora como mediação da produção do conhecimento!, “Educação e Marxismo: Diferentes Concepções”, “Psicologia Sócio-Histórica e a prática educativa” e “Políticas públicas em Educação”, as comunicação orais e os painéis reafirmaram o marxismo como instrumental teórico e político, questionaram as atuais políticas neoliberais na área da educação no país e primaram pela qualidade teórico-metodológica.

0 comentários: